Artigo

De Alma-Ata até “Mais Médicos” - A Trajetória do SUS

Milton Pires

Toda vez que alguém fala em saúde pública no Brasil deveria fazer uma associação com o movimento revolucionário comunista. Infelizmente é muito obscura, para a maioria das pessoas, a ligação de uma coisa com a outra tanto no nosso país quanto no mundo ocidental.

LIVRE ARBÍTRIO E BEM-ESTAR SOCIAL - A TEORIA DO PARADOXO

Há séculos o tema da liberdade humana é estudado pela filosofia. Mais recentemente, tornou-se também campo de discussão da ciência. Nesse terreno são a psicologia e a genética as disciplinas que mais parecem ter feito avanços. Independente disso, parece-me sempre ter havido uma grande polêmica entre aquilo que escolhemos e aquilo que, como dizia Sartre, somos “condenados” ou não a fazer.

Brasil Invertebrado - 190 MILHÕES DE PROSTITUTAS

Todo mundo sabe, no seu íntimo, a diferença entre moralidade e imoralidade. Seja lá o que isso signifique para cada um de nós, fica estabelecida imediatamente uma relação de oposição total e de diferença que é, em termos filosóficos, estabelecida na categoria de substância; nunca de acidente.

O Estado em vez do Indivíduo – Sob o Domínio do Medo

Publicada pela primeira vez em 1923 A História do Medo no Ocidente, de Jean Delumeau, deteve-se na análise de um período que se estendia basicamente entre 1348 a 1800.

Controle de Imprensa – Emir Sader e as Ilusões Garantidas.

Ilusões Perdidas é uma das obras primas de Balzac. Romance que tem como personagem principal o jovem Lucien Chardon, é uma crônica social da França do século XIX no período da Restauração. Narra principalmente a decepção do jovem poeta interiorano que, em meio a hipocrisia de Paris e tendo falhado como escritor, procura no jornalismo o caminho para o sucesso.

A Revolução Cultural e o Sentido do Silêncio – os Últimos Fantasmas.

Revolução define-se como todo processo capaz de provocar uma ruptura de caráter traumático no que se refere à ordem econômica, política, e social de um grupamento humano. Fenômeno frequentemente associado à violência e uso das armas, suas causas e efeitos são facilmente perceptíveis até para o mais comum dos homens. Não existe, portanto, revolução em silêncio.

SÍNDROME DE "CHINELIZAÇÃO"

A chinelização é uma síndrome (conjunto de sinais e sintomas) que vem afetando a população brasileira há décadas, mas que se agravou a partir de 2003, e hoje aflige todo território nacional. Os primeiros casos em Porto Alegre ocorreram em 1988. O paciente “chinelizado” não tem sexo nem idade específicos. Também já foi estabelecido que a doença afeta todas as classes sociais.

Salgueiro e Che Guevara – Quando a Ignorância encontra o Mal

Toda vez que um jornalista independente consegue escrever algo que chegue a chamada “grande imprensa brasileira” criticando o Carnaval, a ignorância do povo e sua avidez eterna por mitos, a resposta é a execração pública.

Divulgar conteúdo