Nota de reconhecimento da legitimidade da entidade DCE-Livre USP

imagem de Centro Acadêmico de Filosofia

NOTA DE RECONHECIMENTO DA LEGITIMADE DA ENTIDADE DCE-LIVRE USP

Nós, estudantes de Filosofia reunidos em assembléia no dia 17/6, viemos manifestar nosso repúdio às insistentes tentativas, por parte de alguns, de deslegitimar o DCE durante as Assembléias Gerais, através do esforço de substituição da mesa, o que foi proposto e votado na última Assembléia Geral (15/6) depois de, efetivamente, ter ocorrido à força na Assembléia Geral anterior (9/6).

É possível e legítimo criticar e fazer oposição à gestão do DCE. Também temos criticas à ela, inclusive no modo de condução da Assembléia Geral à frente da mesa. No entanto, entendemos que tais posições não justificam o esforço de deslegitimação da entidade perante os estudantes - pois essa gestão não se afastou do movimento nem o traiu.

Lamentamos que, neste momento, em que mais do que nunca é necessário haver unidade no movimento estudantil da USP para dar conta das inúmeras tarefas que tem de cumprir, ainda haja quem opte por priorizar a luta interna no movimento. Essa postura é mais uma demonstração de que, para alguns, nada é mais importante do que sua autopromoção, mesmo que às custas da desconstrução do movimento. Essa política interessa apenas à Reitoria e seus aliados.

Nosso movimento vem enfrentando debilidades, que precisamos enfrentar e superar. E a principal causa de parte dessas debilidades é exatamente essa postura de autocontrução às custas da desconstrução do movimento. Por isso, entendemos que é tarefa de todos aqueles e aquelas que tem compromisso com o fortalecimento do movimento e com a ampliação das lutas o combate a esse tipo de postura.

Reiteramos nossa confiança no DCE, legítimo instrumento de organização dos estudantes da USP.

Assembléia dos Estudantes de Filosofia
17 de junho de 2009

Pré-visualizarAnexoTamanho
Nota_DCE.odt20.24 KB