Ata da assembleia dos estudantes de Filosofia de 17/06

imagem de Centro Acadêmico de Filosofia

Informes:
1. O comitê de mobilização, em reuniões abertas, vêm se encontrando com freqüência, de modo a debater a greve dos estudantes de Filosofia.
2. Na última segunda-feira ocorreu um ato convocado pela ADUSP que, entre outros nomes, teve a participação dos Profs. Marilena Chauí e Antonio Candido.
3. Nessa mesma data houve um ato estudantil contra a precariedade do trabalho terceirizado na Universidade, que se deu no bandejão da química.
4. Estudantes das unidades IME, Física e Psicologia lançaram moções de repúdio aos diretores das respectivas unidades que se manifestaram à favor da atuação da reitora Suely Vilela.

Pauta greve:
1.A continuidade da greve dos estudantes de Filosofia foi colocada em diversas falas, que também defenderam a importância de se fazer um balanço das atividades, atuação e mobilização no curso.
2. Nesse sentido foi reiterada a importância do debate entre os estudantes, assim como entre as outras categorias - relevando a questão da precariedade que envolve o trabalho dos funcionários terceirizados na Universidade.
3. Sendo o eixo da greve dos estudantes da USP o Fora PM do campus!, Fora Suely!, Diretas já! e Abaixo a Univesp!, foram feitas propostas no sentido de fomentar o debate sobre a estrutura de poder na Universidade, elencando o envolve a campanha Diretas já! - questionamento sobre o formato das eleições para reitor que reivindicamos.

Encaminhamentos:
Proposta 1: Convidar os professores Eduardo Brandão e Roberto Bolzani para obtermos explicações sobre o programa de requalificação de professores da rede estadual de Filosofia integrado à UNIVESP.

Aprovada por consenso.

Proposta 2: Debate sobre a estrutura de poder na Universidade que conte com a participação de professores, organizado para a próxima semana.

Aprovada por consenso.

Proposta 3: Criação de um grupo, por parte do Comitê de mobilização da Filosofia, que apresentará para os professores a proposta de assembleia de prorrogar o prazo de entrega das avaliações de final de curso, visto a falta de estrutura (como bilbioteca e acesso ao computador) para a realização destes.

Aprovada por consenso.

Proposta 4: Nota a ser redigida e entregue aos professores para apresentar-lhes a reivindicação dos estudantes de Filosofia para a prorrogação dos prazos de entrega das avaliações de conclusão de curso.

Aprovada por consenso.

Proposta 5: Divulgação de uma nota que repudia a postura de assembleia geral dos estudantes da USP que pretende deslegitimar a entidade DCE.

A proposta foi aprovada por contraste (ver nota).

Assembleia encerrada.